ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Saneamento

Sanepar conquista os maiores prêmios do setor de saneamento

Terça-feira, 29 de outubro de 2013


Cinco unidades regionais da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) conquistaram troféus no Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento (PNQS), que reconhece a gestão dos serviços. As unidades vencedoras foram Campo Mourão (Nível II - Troféu Ouro), Umuarama (Nível II - Troféu Prata), Foz do Iguaçu, Paranavaí e Toledo, no Nível I - Troféu Bronze. A cerimônia de entrega dos troféus às empresas de todo o Brasil será em Curitiba, no dia 26 de novembro de 2013.

O presidente da Sanepar, Fernando Ghignone, afirma que a premiação confirma que o trabalho desenvolvido pela empresa tem alto padrão de excelência e qualidade. “O setor de saneamento possui alta complexidade e exige pleno domínio dos processos e gestão focada nos resultados. Ao desenvolvermos nossas atividades pautados pelos critérios do PNQS buscamos a universalização dos serviços para melhor atender os paranaenses”, diz.

Em sua 17.ª edição, o PNQS recebeu 37 inscrições de empresas estaduais e municipais, públicas e privadas de nove estados brasileiros, que participaram em uma das cinco categorias. Todas as unidades apresentadas pela Sanepar conquistaram o troféu na categoria que estavam inscritas.

CAMPO MOURÃO – Cada Unidade da Sanepar contemplada com o PNQS 2013 destaca-se pela adoção de uma ferramenta, pela implantação de um sistema, pela gestão de determinado processo. Em Campo Mourão, foi criado um Portal de Informações que possibilita melhor planejamento da unidade e análise de resultados. Também é utilizada como ferramenta de controle operacional, possibilitando a tomada de decisões rápidas para identificação de causas de perdas de água nas cidades atendidas pela Sanepar na região. Essa atividade colaborou para que o índice de perdas de água no sistema diminuísse significativamente nos últimos anos.

UMUARAMA – Umuarama se destaca por ter o menor índice de perdas de água do Estado no sistema de distribuição e por possuir um dos melhores níveis de satisfação dos clientes. Na cidade, 91,96% da população aprova os serviços de água e de esgotamento sanitário realizados pela Sanepar.

TOLEDO - A busca constante para reduzir as perdas do sistema de abastecimento de água também foi fator determinante para que a Unidade Regional de Toledo alcançasse a premiação no PNQS 2013. O método de acompanhamento e a gestão dos processos possibilitaram melhorias. Foram implantados setores de manobras e adequações nas redes de distribuição de água.

O geofonamento – sistema de ausculta da rede para localizar vazamentos ocultos – passou a ser feito de forma constante nos 43 sistemas da regional. Também foi elaborado um estudo para identificar as faixas de pressão da água e possibilitar a instalação de válvulas redutoras para controle de pressão nas redes de distribuição. No indicador Índice de Perdas por Ligação (IPL), a redução chegou a 4,53% na medição diária.

Para estimular a cultura da excelência, foi criado o Comitê da Qualidade, composto por 21 empregados e que busca continuamente melhorar o ambiente de trabalho, atuando na formatação e revisão dos princípios e valores da unidade e gestiona as práticas de reciclagem e ações com objetivo de reduzir, minimizar ou eliminar os impactos sociais e ambientais.

PARANAVAÍ - A Unidade Regional de Paranavaí desenvolveu um Sistema de Controle Industrial (SCI), que permite o controle operacional e de qualidade do processo de produção de água e o controle operacional de esgoto. Diariamente há maior acompanhamento da produção e do seu desempenho operacional, o que tem permitido reduzir os custos com produtos químicos e energia elétrica. O sistema foi desenvolvido em Paranavaí no ano de 2007 e atualmente é utilizado por toda a empresa.

FOZ DO IGUAÇU - Entre as principais práticas de gestão da Unidade Regional de Foz do Iguaçu destacam-se as atividades realizadas pelo Centro de Controle Operacional e a Avaliação de Fornecedores. O Centro de Controle Operacional (CCO) atua 24 horas no monitoramento do sistema de abastecimento de água de Foz do Iguaçu, incluindo as decisões sobre quais unidades de abastecimento devem ser ligadas ou desligadas. Com isso, é possível aumentar ou diminuir a produção de acordo com o consumo de água da população em cada região da cidade.

Outro destaque é a avaliação e controle de fornecedores, que devem fazer a gestão ambiental dos resíduos gerados pela atividade. Uma prestadora de serviço de mecânica, por exemplo, deve comprovar que as peças sujas de óleos e as graxas que não serão mais utilizadas recebem destinação ambientalmente correta, de acordo com o tipo do resíduo.

COMO FUNCIONA - O PNQS é reconhecido pela International Water Association (IWA) como a mais importante ferramenta de gestão dos serviços de saneamento ambiental, pois estimula a adoção de modelos gerenciais compatíveis com os melhores exemplos mundiais. As participantes buscam o reconhecimento pelas ações desenvolvidas pautadas pelos oito critérios: Liderança, Estratégia e Planos, Clientes, Sociedade, Informações e conhecimentos, Pessoas, Processos e Resultados. A premiação é obtida pelas unidades de acordo com o nível e pontuação obtidos.

As participantes se inscrevem na categoria que melhor as representem:

Nível Básico, 125 pontos: Primeiros Passos para a Excelência;

NíveI I, 250 pontos: Compromisso com a Excelência;

Nível II, 500 pontos: Rumo à Excelência;

Nível III, 750 pontos: Avanços para a Excelência;

Nível IV, 1.000 pontos: Critérios de Excelência.

A presidente do PNQS, Cassilda Teixeira, diz que conquistar este prêmio é um processo que requer persistência, constância e real disposição de mudança. O Troféu entregue às unidades que obtêm a pontuação exigida é o Quíron, figura mitológica grega.

Segundo os organizadores do certame, o Quíron é considerado o primeiro cientista, médico e professor a ocupar o mundo dos mortais, simbolizando a expansão da consciência. Como professor, médico e sanitarista dos deuses e dos mortais, procura estabelecer a importância de uma consciência ecológica, a preocupação com a saúde pública, com a identificação dos fatores que poderiam causar doenças e como curá-las.

Considerando todas as edições do PNQS, a Sanepar foi agraciada com 29 troféus, três diplomas e uma distinção.

Fonte: Agência Estadual de Notícias

 Outras Notícias

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: Segunda à Sexta-Feira, das 08:00 às 11:30 - 13:00 às 17:00.